BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

9 de janeiro de 2012

O início


Não conheci meu marido pela internet como a maioria das senhoras/garotas/mulheres que estão na blogosfera e tem um amor paquistanes, o que foi muito favoravel pra mim. Conheci meu marido no local de trabalho dele. É um shopping aqui perto da minha casa que eu  recusava air por que era muito confuso, cheio de indiano, africano, chines,  e sei la mais o que, uma verdadeira Babilonia. Então que em julho de 2009 estava indo para o Brasil e precisava comprar presentes para levar e como estava sem tempo  tive mesmo que ser ali. Cheguei, perguntei pelos artigos, perguntei pelos preços, dei uma choradinha por um desconto (mania de pobre), sai, voltei de novo e fiz a minha compra. O rapaz era muito atraente. Alto. Moreno.Bonito. Simpático. Conclui as minhas compras naturalmente, a seguir fui ao macdonald comer alguma coisa por que ja passava das 3 da tarde e tava faminta e quando tava na fila me surpreendi com ele atras de mim. Verdade mesmo? |o| entao que sentamos na mesma mesa conversamos por uns breves instantes e tive que ir correndo por que tava quase na hora do meu embarque. Depois de  30 dias lindos  regressei a Portugal e precisava ir a este shopping reparar um artigo que havia comprado, e ele sempre atencioso, simpatico, dai  novamente fomos ao mac, conversamos sobre a viagem, nos tornamos amigos, ate que um dia ele me perguntou se eu queria ser namorada dele, e eu respondi categoricamente NAO! Isso nao vai dar certo, vc é muçulmano, eu sou catolica praticante, eu gosto de festas, de estar com meus amigos, nao ha hipotese.  O tempo passou e mesmo com meu nega ele nao foi embora, nos tornamos amigos inseparaveis, eu ja o via com uns olhos diferentes :)  podia contar com ele para qualquer situaçao. Até que fiquei doente. Tive que fazer uma cirurgia sozinha em Portugal e quem foi que cuidou de mim?? Ele. De dia, de noite, nao me deixou sozinha. Nao me senti desamparada. O coraçao que ja estava balançado, acelerou de vez. Para mim aquela foi a maior prova de amor. Ele ja tinha ganho o meu coraçao. Nunca me arrependi. Foi a decisao mais certa que ja tomei.  Esta fase ficou marcada  pela musica do Vitor e Leo: VOCE VAI ME VENCER, EU VOU ME APAIXONAR, NAO HA MAIS O QUE DECIDIR !!!!