BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

18 de abril de 2011

Dificuldades da esposa nao-muçulmana

Não vou mentir não, é muito difícil nao comungar a mesma fé do conjuge. Ainda mais no meu caso que sou bem apegada as minhas convicçoes religiosas. Natal passado eu tive 2 dias preparando ceia, decoraçao, presentes, para no final ele apenas petiscar qq coisa  e ir para cama, sem margem para pelo menos  desfrutar comigo da trabalheira que eu tive. Fez de propósito. Eu não o repreendi, mas jurei que os próximos natais serão passados no Brasil. Se nao for ao Brasil ao menos estarei com minhas amigas
(o pior que aqui a celebraçao é sempre a mesma: bebedeiras, musica ensurdecedora, eu ja nem curto mais essa parada). E eis que a Páscoa se aproxima, já sei que deve ser a mesma ladainha! Mas eu já tenho um plano kkk, ele nem faz a menor ideia do que é e qual é a dimensao da Páscoa!  Então eu vou à minha missa tranquila, depois  preparo um jantar caprichado, uma sobremesa deliciosa e vamos celebrar -a vida-. Tão simples quanto isso. Não me estresso eu e nao se estressa ele. E a cekebraçao maior será dentro do meu coraçao. Não é nao?


5 comentários:

Mia disse...

Hmm ah Neide imagino que deva ser difícil, é algo que não estamos habituadas! Ainda por cima o Natal que é uma festa tão linda que eu gosto tanto.
Eu já lhe pedi para festejarmos todas as comemorações cristãs que nós costumamos ter aqui durante o ano pois é importante para mim, e ele disse que sim. Agora entre o dizer e o fazer..veremos.
Acho boa ideia sugerires a ele para celebrarem a vida, o fato de vocês estarem juntos, o vosso amor, o vosso casamento! Assim ele poderá ter uma forcinha extra para querer partilhar essa data que é tão importante para os cristãos.
Tenho uma amiga casada com um árabe que se queixa da mesma coisa...pois vendo bem não é assim tão fácil e agradável para nós.
Bjinhos*

♀♥Kiara ♥♀ disse...

Puxa vida, hein? Desculpa, mas a educação mandou lembranças ao teu marido! :(


Você aprende a lidar com as 5 orações diárias, com o ramadã, e ele faz isso???


Desculpa, mas eu, no teu lugar, sairia batendo panela! Tanto trabalho pra nada?!

Neide Barbosa Shah disse...

Oi Kiara, pois é, eu acho que é intransingencia religiosa mesmo. Ele deve achar que ao participar da festa estará aclamando a divindade de Jesus tambem, acho que é isso, vai la sasber, kkk é mais ou menos como preparar uma festa de S. José para um evangelico...

Ursinhu da Juh =] disse...

Eu acho suuuuper importante que vocÊ continue fazendo suas comemorações do jeito que puder. E amiga não desanima de ser da sua religiao por causa das dificuldades não viu! Eu sei que as vezes agente pensa "Puxa seria tão mais fácil se eu pulasse para a religiao dele". Mas isso é sentimentalismo feminino, maior é DEUS que nos demonstrou o maior amor do mundo, vamos orar para que todos os muculmanos possam experimentar esse amor demonstrado atraves de JESUS =].
Meu habibi participa do Natal na minha casa, agente combino que o Natal seria na minha e o Ano Novo seria com a familia dele =].


Bjuuu
FIca com DEUS =]

Neide Barbosa Shah disse...

Pois é Juh, essa duvida idiota de que seria mais fácil passar para o lado de lá seria mais facil kkkkk existe e existe muitas vezes na minha cabeça.
Mas como eu vou abrir mão de Jesus? Nao tem jeito amiga. Amei teu comentario