BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

27 de dezembro de 2011

25 de dezembro de 2011

muslim-wife-kitchen

24 de dezembro de 2011

Boas Festas

Que a reuniao em família vos seja motivo para celebrar o amor, a compaixao de Deus em nossa vida.

APROVEITEM AO MAXIMO VOSSA FAMILIA!!!!  SE EU NAO TIVESSE LONGE TB IA APROVEITAR A MINHA hihihihi Boas festas people

9 de dezembro de 2011

Por que nao gosto de Mahmoud Ahmadinejad


8 de dezembro de 2011

evoluçoes


Marido se aproxima com os olhos cheios de agua quando percebe que estou a chorar e pergunta com seu portugues quase fluente:
-Vida, por que voce ta assim?
-Nada.
-Vamos, fala. Ta pensando na sua mae?
-Sim.
-Vamos ligar pra ela (procura o celular com toda a pressa possivel)
- já liguei.
-Vamos ligar de novo.
-Naoooo.
-Vida, voce acha que não sou capaz de cuidar de voce? É isso?
-Naooo.
-Eu alguma vez já te desamparei? Já te negligenciei????
-Não. Mas voce vai trabalhar amanha e eu vou ficar sozinha :p
-ok, entao eu desmarco tudo e fico ate voce se sentir melhor….

Eu penso que todas aqui  que dividem a vida com um paquistanes, podem comprovar essa sensibilidade
Que eles possuem.
Entretanto, agradeço pelas oraçoes, pelo pensamento positivo, pela mensagem de cada uma de vcs, hoje ao 3 dia estou bem melhorzinha fisica e emocionalmente, a corrente positiva me levantou meninas. E aquela dor horrosa nas costas já quase nem sinto. Obrigada, obrigada, obrigada, que Allah conceda aquilo que voces mais precisarem.

Reflexoes


Esses dias em que renuncio todas as minhas obrigaçoes,   ate entao inadiaveis, tenho ficado a pensar na  vida. As coisas acontecem tao rapido, tao inesperadamente, que de um momento para o outro tudo pode mudar  e voce descobre que  nada te pertence de verdade. O teu trabalho nao te pertence, a tua familia muito menos, os estudos tambem nao, a tua saude entao, nem se fala, e a tua vida , essa é que nao te pertence mesmo. Um dia chegara em que tudo isto nos sera tirado, ou nós seremos tirados de tudo isto.O que temos legitimamente, é o que somos enquanto pessoa, o bem que fomos capazes ou nao de realizar, das escolhas que fazemos, do que  deixamos ou levamos da alma de cada pessoa. Marcar positivamente a vida do outro, ajudar, socorrer, respeitar, sair da nossa inercia, da nossa zona de conforto, ir ao encontro do que tem menos ainda do que nos temos, tentar ser o melhor em tudo o que nos dedicamos. Nao sabemos quando chegara a nossa HORA. Pode ser daqui a uma hora, um dia, uma semana, um mes, um ano...É preciso estar preparado sempre. Allah Akbar

7 de dezembro de 2011

Selinho

 Agradeço a querida Aminah do blog Farhana.
...


Segue o recadinho da irmã Farhana:

Assalamu walaikum

Irmã, você é brasileira usa hijab e é
muito "Chic" por isso merece receber o selo
Lis hijabs.
Mas temos aquelas regrinhas básicas,

1º Postar o selo no blog
2º Fazer um comentário no facebook e no orkut.
3º Indicar 10 blogs que acha "Chic" para receber o selo.

Bjs querida, que  Allah te mantenha na senda reta.
--
Fofo não é mesmo. Irmã muito obrigada pelo carinho. Nao vou indicar, vcs sabem a razao, deixo livre para que as irmas que nao receberam o publiquem em seus respectivos blogs. Allah Akbar

6 de dezembro de 2011

Descanso forçado II

Fui ao medico e foi diagnosticado pneumonia.
Rezem por mim.

5 de dezembro de 2011

Descanso forçado

Essa gripe nao me larga. Nao sei mais a que recorrer, pra piorar essa dor no lado esquerdo das costas, sera alguma coisa parecida com pneumonia, espero bem que nao.
Por aqui as coisas andam na mesma, sem tempo para nada, nem para abrir o blog... Espero que dai do lado de voces as noticias estejam mais animadoras :)...Espero voltar em breve com melhores noticias...

27 de novembro de 2011

Organizar o tempo...

Gerenciar o tempo significa estabelecer e seguir um planejamento de estudo


que vise organizar e priorizar os estudos

em um contexto de atividades competitivas no trabalho, família, etc.

Diretrizes:



■Monitore seu tempo

■Reflita sobre como utilizar o tempo

■Saiba quando estiver perdendo tempo

■Saiba quando estiver produtivo

O fato de saber como você utiliza o tempo deve ajudá-lo a planejar e predizer o término de um projeto:



■Tenha uma lista de "Faça". Escreva aquilo que tem que fazer, então decida o que fazer naquele momento, o que agendar para mais tarde, o que pedir para alguém fazer e o que adiar para mais tarde.



■Faça um planejamento diário/semanal. Anote em caderno ou quadro, por ordem cronológica, compromissos, aulas e reuniões. Sempre saiba de ante-mão o que tem para fazer naquele dia; sempre vá para a cama, sabendo que você está preparado para o dia seguinte.



■Faça um planejamento de longo prazo. Use um quadro mensal para que você sempre possa planejar de ante-mão. Planejamentos de longo prazo também servem para lembrá -lo de planejar seu tempo livre construtivamente.

Plano de estudo eficaz

■Durma o suficiente; tenha uma dieta bem-balanceada, e tenha momentos de lazer

■Dê prioridade as tarefas

■Prepare-se para discussões/debates antes da aula

■Programe o tempo para rever o material da palestra imediatamente após a aula;

Lembre-se: O esquecimento se dá dentro de 24 horas em que não houve revisão

■Programe cinquenta minutos de estudo

■Escolha um local para estudo em que não ocorram distrações

■Busque "períodos onde o silêcio impere"

■Programe, tanto quanto possível, horas de estudo durante o dia

■Programe uma revisão semanal

■Previna-se para não se tornar escravo de seu planejamento.

A satisfação em "riscar" uma tarefa executada pode gerar um sentimento de realização, até mesmo um sentimento gratificante de missão cumprida!



Do blog http://www.studygs.net/portuges/timman.htm

Pare e pense



FILOSOFIA DO TUBARAO
Os japoneses sempre adoraram peixe fresco.Porém, as águas perto do Japão não produzem muitos peixes há décadas.Assim, para alimentar a sua população os japoneses aumentaram o tamanho dos navios pesqueiros e começaram a pescar mais longe do que nunca. Quanto mais longe os pescadores iam, mais tempo levava para o peixe chegar. Se a viagem de volta levasse mais do que alguns dias, o peixe já não era mais fresco. E os japoneses não gostaram do gosto destes peixes.Para resolver este problema, as empresas de pesca instalaram congeladores em seus barcos. Eles pescavam e congelavam os peixes em alto-mar. Os congeladores permitiram que os pesqueiros fossem mais longe e ficassem em alto mar por muito mais tempo.Os japoneses conseguiram notar a diferença entre peixe fresco e peixe congelado e, é claro, eles não gostaram do peixe congelado. Então, as empresas de pesca instalaram tanques de peixe nos navios pesqueiros. Eles podiam pescar e enfiar esses peixes nos tanques, como "sardinhas".Depois de certo tempo, pela falta de espaço, eles paravam de se debater e não se moviam mais. Eles chegavam vivos, porém cansados e abatidos. Infelizmente, os japoneses ainda podiam notar a diferença do gosto. Por não se mexerem por dias, os peixes perdiam o gosto de frescor. Os consumidores japoneses preferiam o gosto de peixe fresco e não o gosto de peixe apático.Como os japoneses resolveram este problema? Como eles conseguiram trazer ao Japão peixes com gosto de puro frescor?Se você estivesse dando consultoria para a empresa de pesca, o que você recomendaria?Antes da resposta, leia o que vem abaixo:Quando as pessoas atingem seus objetivos ? tais como: quando encontram uma namorada maravilhosa, quando alcançam sucesso numa empresa, quando pagam todas as suas dívidas, ou o que quer que seja, elas podem perder as suas paixões. Elas podem começar a pensar que não precisam mais trabalhar tanto, então, relaxam. Elas passam pelos mesmos problemas de ganhadores de loteria, que gastam todo seu dinheiro, o mesmo ocorre com os herdeiros, que nunca crescem, e de donas-de-casa, entediadas, que ficam dependentes de remédios de tarja preta.Para esses problemas, inclusive no caso dos peixes dos japoneses, a solução é bem simples. L. Ron Hubbard observou, no começo dos anos 50: "O homem progride, estranhamente, somente perante a um ambiente desafiador."Quanto mais inteligente, persistente e competitivo você é, mais você gosta de um bom problema. Se seus desafios estão de um tamanho correto e você consegue, passo a passo, conquistar esses desafios, você fica muito feliz. Você pensa em seus desafios e se sente com mais energia. Você fica excitado e com vontade de tentar novas soluções. Você se diverte. Você fica vivo!Para conservar o gosto de peixe fresco, as empresas de pesca japonesas ainda colocam os peixes dentro de tanques, nos seus barcos. Mas, eles também adicionam um pequeno tubarão em cada tanque. O tubarão come alguns peixes, mas a maioria dos peixes chega ?muito vivo? e fresco no desembarque. Tudo porque os peixes são desafiados, lá nos tanques.Portanto, como norma de vida, ao invés de evitar desafios, pule dentro deles. Massacre-os. Curta o jogo. Se seus desafios são muito grande e numerosos, não desista, se reorganize! Busque mais determinação, mais conhecimento e mais ajuda. Se você alcançou seus objetivos, coloque objetivos maiores. Uma vez que suas necessidades pessoais ou familiares forem atingidas, vá ao encontro dos objetivos do seu grupo, da sociedade e até mesmo, da humanidade. Crie seu sucesso pessoal e não se acomode nele. Você tem recursos, habilidades e destrezas para fazer a diferença."Ponha um tubarão no seu tanque e veja quão longe você realmente pode chegar!

"Pense nisto

20 de novembro de 2011

Meu mundo perfeito

Fase extraordinaria na minha vida.
Tao feliz, tao completa, embora cansada.
Da ate medo...
Mas Allah, sabe bem o que faz.
Se tenho que agradecer.

19 de novembro de 2011

Cala-te e come!

Eu ja havia lido muito e ouvido muita reclamaçao por parte dos universitarios daqui de que quando iam fazer alguma pesquisa para trabalhos na net, a esmagadora maioria eram publicaçoes de estudantes e docentes brasileiros, agora como tb estou inserida nesta realidade universitaria eu posso comprovar gente, e verdade 99,9% do conteudo vem do Brasil - para a minha felicidade- e no fundo isso tem um explicaçao logica o cidadao brasileiro tem por natureza, e esta no sangue  o dom de ajudar , de ser util, nao e egoista, nem mesquinho, partilha dos seus dons, dos seus trabalhos, das suas conquistas, nao guarda suas competencias e conhecimentos so para si por que sabe que alguem precisa ou precisara dela. Me orgulho disso, por que sao caracteristicas bem nossas. O que eu constato a cada dia que passa na experiencia que estou vivendo e uma competitividade sem fundamento entre colegas em sala de aula, e um cada um por si e DEus pra todos, ninguem ajuda ninguem, ninguem se preocupa com ninguem, emprestar um caderno por 5 minutos para tirar copias de uma materia nao assistida nao existe mais, e nao se atrava pedir, a nao ser que ja esteja disposto a um NAO gigante. Claro que existem os bons, mas estao em vias de extinçao. Ah e sobre a vastidao de publicaçoes brasileiras criticam mt embora no final acabam se servindo delas cherry :p

14 de novembro de 2011


Preciso de uma formula para  ser serena, forte, disciplinada nesta fase de corre corre em que nao sobra tempo nem de ir ali na casa de uma amiga por a conversa em dia. Afff, se alguem tiver a formula, me diga por favor

1 de novembro de 2011

Visitai os mortos

Para se recordar da efemeridade desta vida, para se lembrar que somos somente estrangeiros neste mundo que nao e nossa morada definitiva, ontem foram eles, hoje/amanha seremos nos tambem. Nao vivamos como tantos que nao consideram os assuntos divinos.  Temos uma origem, uma missao, um prazo certo para devolver o dom da vida neste mundo. 

30 de outubro de 2011

Estudar e trabalhar e uma arte

Depoimento 1: Sara



saio de casa as 6:30 da manhã retorno as 1:30 da madrugada..vou dormir as 2:00 todo dia...tenho que entrar as 7:00 no serviçoo..moro a 140 km da minha faculdade hahsuhas mas vou levandoo....vale a pena nehh
 
 
Depoimento 2: Michelle


saio de casa as 6:00h

retorno pra cas às 23:00h

Mas todo esfôrço é válido, para ter uma realização profissional.

Bjos a todos, q Deus nos abençôe e continue nos dando muita fôrça e garra
 
Depoimento 03: Muitooo cansada, acordo as 5 da manha, vou para o trabalho e direto para a facul... mas como disse a nossa amiga será um futuro recompensador
 
DEPOIMENTO 04: Di
Me sinto super cansado. Trabalho das 08:00 às 18:00 e minha aula na faculdade começa 18:45, ou seja, atrasado todo dia. Acho q tenho olheira desde q comecei essa rotina estressante há mais de dois anos kkkkkkkkkkk. Mais lembrem agora estamos plantando amanhã colheremos. Abração pra todos!!!
DEPOIMENTO 05:Dri
Ahhhh infelizmente sim....¬¬




EStageio pela manhã a partir das 8h (mas tenho q sair de no máx as 7h p chegar a a tempo), termino meu expediente as 12h... Como n dá tempo de voltar para casa, almoçar, tomar banho etc... almoço no local de trabalho mesmo (literalmente: levo minha marmita e almoço na sala que trabalho juntamente com uma colega), n tenho a regalia de banho e vou direto p facul q teoricamente pego as 13;50h... mas normalmente chego as 14h.... Graças a Deus q dificilmente pago matéria a noite... nesses dias a mala fica maior (incluindo o jantar) rsrsrsr...
Já me acostumei... hj me sinto menos suja, menos mal alimentada, menos arrasada.. kkkk
DEPOIMENTO 06: Ka
É fogoooooooooo, saio as 06 da manhã, trabalho de manhã até as 13:00, depois vou p o outro fico até as 19: 30, vou p a faculdade, minha aula já começou um bom tempo, daí eu chego em casa as 23:00, relamente tem que ser muito artista!!!
DEPOIMENTO 07: Paulo
Acho que o dia tinha que ter 30 horas em vez de 24!!!

Acordar as 04:20 da manhã pra trabalhar e depois ainda curtir uma faculdade realmente é foda...

Só vou direto mesmo nos dias em que tenho provas e às vésperas...

Meu trabalho é externo passo o dia todo na rua e depois do trabalho vou pra faculdade, leio algum livro antes da prova e deixo nas mãos de Deus, só ele pode ajudar a lembrar o que li antes da prova...rs

Fico na fossa, as tarefas diárias se acumulam para o fim de semana, aí sábado e domingo, só sobra tempo pra lavar roupa, dar uma revisada no caderno, ler alguns tópicos e etc...
DEPOIMENTO 08:Zumbiei....


Acordo as 5h todos os das para pegar o trabalho as 7h. Saio do trabalho as 16h e vou pegar um onibus, um trem e um fretado para ir para a faculdade, chego lá por volta das 19h. Saio da faculdade 22:30h e chego em casa 00:30. Vou dormir por volta de 1h. Estou fazendo isso a apenas duas semanas e estou muito cansada, meu curso exige uma carga de leitura muito grande e eu não estou conseguindo ler, mesmo que o texto seja interessante, eu sempre pego no sono durante a leitura
DEPOIMENTO 09:
Saio de manhã as 7:30 e só volto pra casa as 23:10... dia todo fora de casa. Só volto pra dormir e banhar.


Sinto mais cansada durante a manhã. Dá vontade de dormir no serviço rsrs


Sinceridade extrema com Deus

 Existe  um modo de vida  que pode ajudar a alcançar  harmonia espirital,  paz interior, orientaçao para a vida esteja voce, onde estiver, seja voce quem for . Este modo e a via da sinceridade extrema com Deus. . Vejamos o exemplo da sociedade atual, perdida, sem rumo, vivendo a maior crise social e moral de todos os tempo, as pessoas vivem  suas  vidas dia apos dia em modo automatico,  esquecem que nao estamos neste mundo para turismo, que a nossa estadia por aqui tem validade curta, que o trabalho que viemos executar tem que ser entregue ate o data limite. E assim a grande maioria, vai vivendo de acordo com os parametros deste mundo ignoram as coisas do alto, verdadeiras almas perdidas. Nao vamos nos iludir, as estatistcas estao ai pra confirmar isso minha gente,   e os numeros de suicidios em sociedades como  a China (e podia enumerar tantos outros ocidentais) que representa mais do dobro da media mundial, problema social gravissimo. E preciso regressar a Deus, e ai que esta nossa origem, as respostas para todas as perguntas.O equilíbrio  espiritual e tao ou mais importante que o social e o equilibrio psicológico. Diante da grandeza de Deus, nao adianta fingir ser quem nao somos, precisamos simplicidade, acima de tudo eu penso que devemos ter coragem e assumir nossa dependencia absoluta Dele.Seja qual for nossos medos, anseios, devemos declara-los a Deus...

27 de outubro de 2011

Globo informa governo americano, diz wikeleaks

Wikileaks aponta Wiliam Waack como


informante do governo dos EUA



O repórter William Waack, da Rede Globo de Televisão, foi apontado como informante do governo americano, segundo post do blog Brasil que Vai - citando documentos sigilosos trazidos a público pelo site Wikileaks há pouco menos de dois meses.



De acordo com o texto, Waack foi indicado por membros do governo dos EUA para “sustentar posições na mídia brasileira afinadas com as grandes linhas da política externa americana”.



- Por essa razão é que se sentiu à vontade de protagonizar insólitos episódios na programação que conduz, nos quais não faltaram sequer palavrões dirigidos a autoridades do governo brasileiro.



O post informa que a política externa brasileira tem “novas orientações” que “não mais se coadunam nem com os interesses americanos, que se preocupam com o cosmopolitismo nacional, nem com os do Estado de Israel, influente no ‘stablishment’ norte- americano”. Por isso, o Departamento de Estado dos EUA “buscou fincar estacas nos meios de comunicação especializados em política internacional do Brasil” - no que seria um caso de “infiltração da CIA [a agência norte-americana de inteligência] nas instituições do país”.





QUE MISERÁVEL, ESSE WILIAM WAACKA!!!



TRAIDOR DA PÁTRIA ESSE SONSO DESGRAÇADO!








O post do blog afirma ainda que os documentos divulgados pelo Wikileaks de encontros regulares de Waack com o embaixador do EUA no Brasil e com autoridades do Departamento de Estado e da Embaixada de Israel “mostram que sua atuação atende a outro comando que não aquele instalado no Jardim Botânico do Rio de Janeiro

23 de outubro de 2011

Caso Libia/Kadhafi

Mataram o general Kadafi....festa nas ruas da Líbia, vitória dos rebeldes (porque de revolucionários estão muito distantes do termo). Vale lembrar que o general líbio, no poder a 42 anos, só foi pego e em seguida executado (não me venham com bla bla bla dizendo o contrário) porque caças franceses e ianques abateram o comboio que protegia Kadafi em seu reduto tribal (Sirte).






Fica claro que a Otan, os organismos internacionais que são meros serviçais dos interesses do grandeCapital, foram os responsáveis pela deposição do ditador líbio, já que as forças rebeldes, líbias, sozinhas, seriam incapazes de retirar o excêntrico governante do poder.

Pululam as conversas pra "boi dormir" de uma nascente e revolucionária Líbia, uma nova Líbia "democrática", putz, nunca se matou e se desrespeitou tanto a soberania de povos e governos em nome da implantação da dita democracia liberal, sob patrocínio do mundo ocidental e liderança obvia do Tio Sam.





Pergunto: qual a base econômica da Líbia? Desde o final dos anos 50 o país é dependente da produção petrolífera, que impulsionou a economia do país e o transformou numa exceção de prosperidade econômica, com sólida classe média consumidora, em meio a um continente africano contaminado por miséria. Pois é, de novo essa conversa sobre o óleo negro....





De momento é esperar, deixar os fatos e eventos se desenrolar, para tirarmos conclusões mais acertadas quanto a dita e proclamada "Primavera Árabe". Só pra dar um gostinho basta observarmos a quantas andam as coisas em terras egípcias, libertas do ditador Mubarak que ali governava a 30 anos - diria que estão longe, muito longe, de qualquer democracia real, e hoje o país é governado pelo exército que tem como promessa fazer a ponte política rumo a democracia (uai, eu já vi esse filme por aqui em 1964, exército propondo restaurar democracia, hum, e aguentamos os milicos por 21 anos).





Finalizando eu apostaria que a democracia real, a tranquilidade, ainda será uma realidade distante dos povos do Oriente Médio, da África, e em especial qualquer país produtor de petróleo (e nós aqui brigando pelos royalties do pré-sal....); pobre povo da Líbia, não sabem o que fazem


Fonte Prof thiago

Tem coisa que so acontece comigo - De mal com a Vobis

Comprei uma impressora ontem, quando fomos monta-la faltava o cabo que a liga ao computador, eu pensei que era problema da fabrica que havia esquecido de por o material na caixa da impressora, mas hoje quando liguei pra pedir informaçao me disseram que realmente o acessorio em questao nao esta incluindo e que deveria  ser adquirido a parte. What? Como assim, vendem o material  incompleto e nem sequer me informam que a politica de venda da empresa adota esta forma. Credo em cruz ave maria, cada coisa. Alguem ai ja adquiriu uma impressora? Aconteceu o mesmo que a mim? E agora eu que nem no pior pesadelo imaginava sair de casa hoje (estudando feito louca para o teste de matematica na terça feira) tenho que perder todo meu tempo pra resolver incompetencia alheia.
Mas como sou brasileira nao vou me amargar o resto do dia com essa po&%/((/&%r%%&&&&&$ra
E pra começar o dia com um leve sorriso

15 de outubro de 2011

Cansada e feliz

Semana preenchidissima. Ufa, sair de casa as 8 da manha chegar as 23:30 ... aulas ate aos sabados, vida de universitario nao e moleza nao!Ate os testes ja começam no final do mes.   Mas quer saber de uma coisa eu to feliz e amando essa minha nova realidade. As dificuldades sao tantas, sao 15 anos fora das salas de aula,  o tempo super escasso, algumas coisas terao que ser sacrificadas, mas eu tenho muita esperança e confiança que eu irei superar cada uma delas.  Estou recebendo muito apoio do habib o que e importante pk se ele disesse nao ai complicaria tudo. Aprendi que as aparencias enganam tanto o nosso coraçao, a professora que eu mais detestei, foi justamente a que melhor me acolheu na faculdade, vergonha! Nunca trabalhei com tanta satisfaçao como nesta semana. Ontem odiei todos os brasileiros mal feitores que estao neste pais, aqueles que so bebem, se drogam, causam desordem pelas ruas de Lisboa afora, odiei qdo eu vi aquele grupo agredindo com covardia o segurança do metro, nessas horas sinto vergonha de saber que sao meus concidadaos. O governo portugues so vem a televisao para anunciar as medidas de austeridade, a situaçao ta critica, a populaçao esta esmorecida, mas me lembro que qdo era criança no Brasil, a crise era mil vezes pior, os funcionarios publicos nao recebiam ha mais de 6 meses, foi terrivel mas ultrapassamos, e espero que Portugal tb se recupere o quanto antes. O marido anda a fechar bons negocios, Inshallah contine assim.
Hoje, depois das aulas fui visitar uma amiga casada com um paquistanes, ela ja esta na reta final da gravidez, conversamos bastante, depois fomos almoçar num restaurante perto da mesquita, comida deliciosa e halal, e o preço super aprovadissimo e a seguir fomos assistir as nossas aulas. Entretanto, outra amiga gravida casada com portugues  liga a dizer que  o marido lhe bateu, fiquei revoltada aff, sem comentarios. Cheguei agora em casa, cansada, feliz da vida e me sentindo muito viva...

5 de outubro de 2011

Gente como faz?

Ja ando aqui estressada e me perguntando como vai ser isto, ai ai ai, tipo assim trabalhar o dia todo, estudar a noite, cuidar da casa, do marido nao vai ser facil nao.

4 de outubro de 2011

Mais coisas boas

Candidatura Online 2011


Cara NEIDE SHAH,



Concluída a 2ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, vimos informar que o resultado da tua candidatura foi o seguinte:



Resultado: Colocada

Instituição: [3117] Instituto Politécnico de Lisboa - Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa

Curso: [9870] Contabilidade e Administração (regime pós-laboral)

Agora e correr para o abraço


2 de outubro de 2011

Tanta coisa boa acontecendo

Com todas as possibilidades contra nos, com todo esse cenario de crise medonho,   temos conquistamos coisas importantissimas para ir ajeitando a nossa vida, chamo isso de intervençao divina, nao tem outra explicaçao. E pra completar a minha felicidade
esta semana vou dar forma a um sonho que tenho guardado por anos e que por muitas razoes eu nao pude concretiza-lo, mas agora chegou a minha vez, chegou o meu tempo, vai ser agora, InshAllah.

1 de outubro de 2011

Eu, muçulmana.

Grandes mudanças Deus determinou para minha vida estes ultimos tempos, mudança de pais, de nacionalidade, de estado civil e por ultimo de religiao. Hoje, me tornei muçulmana. Decisao entre mim  e Deus e ninguem tem nada a ver com isso. Começando do zero, como uma criança  aprendendo os primeiros passos.

30 de setembro de 2011

Muçulmanos na Europa

27 de setembro de 2011

Mr. Gohar

26 de setembro de 2011

Wagner Moura: "Nao falo a Revista Veja"

Wagner declarou, sem meias palavras, que não dá entrevistas à “Veja”, por considerá-la “uma revista de extrema direita brasileira”.




“A linha editorial da revista Veja, uma revista de extrema direita brasileira. Eu me lembro claramente de uma capa da revista Veja que me indignou profundamente, sobre o desarmamento, que dizia assim: “Dez motivos para você votar ‘Não’ “. Eu me lembro claramente da revista Veja elogiando Tropa de Elite pelos motivos mais equivocados do mundo. E semana sim, semana não está sacaneando colga nosso: Fábio Assunção, Reynaldo Gianecchini, de uma forma escrota, arrogante, violenta. Outro motivo é que na revista Veja escreve Diogo Mainardi! Eu não posso compactuar com uma revista dessas, entendeu? Conservadora, elitista. Então, não falo com a revista Veja, assim como não falo para a revista Caras. Agora, a mídia é um negócio complexo, importante. A imprensa brasileira, nessa episódio agora do Congresso, cumpre um papel sensacional. Achei ótimo o fim dessa lei de imprensa, careta, antiga. Acho que a imprensa tem que se sentir livre e trabalhar e quem se sentir agredido por ela entra em juízo e processa”.



Pegando carona na metáfora usada pelo ator em outro trecho da entrevista: "muita gente ainda não tomou a pílula nem despertou para o deserto do real – são os que ainda estão conectados à Matrix. Felizmente, é uma espécie cada vez menos numerosa".





--------------------------------------------------------------------------------



25 de setembro de 2011

Parabens para mim


Antes de prosseguir em meu caminho e lançar o meu olhar para a frente, uma vez mais elevo, só, minhas mãos a Ti de quem eu fujo. A Ti das profundezas de meu coração, tenho dedicado altares festivos para que, em cada momento, Tua voz me pudesse chamar. Sobre esses altares estão gravadas em fogo palavra s: "Ao Deus desconhecido". Tua , sou eu, embora até o presente tenho me associado aos sagrilégios. Tua, sou eu, não obstante os laços que me puxam para o abismo. Mesmo querendo fugir, sintos-me forçado a servir-Te.eu quero Te conhecer, desconhecido. Tu, que me penetras a alma e, qual turbilhão, invades a minha vida. Tu, o incompreensível, mas meu semelhante, quero te conhecer, quero servir só a Ti.
Deus abenoe os meus dias,,,





23 de setembro de 2011

Suicidio virtual

Por vezes seguimos algum blog (digo blog, mas tb pode ser orkut, twitter qq coisa virtual), temos simpatia pelo autor (a) tanto que ate o consideramos do circulo de amizade mas acontece que de repente,   voce vai acesar alguma postagem e tan tan tan tan da de cara com a frase ESTE BLOG FOI EXCLUIDO. Pois e minha amiga, o famoso suicidio virtual,  a pessoa some, desaparece, evapora da face da terra, sem da um aviso previo, simples assim.

E você? Já cometeu algum "Orkuticídio"? Conhece alguém que tenha cometido? O que acha que leva uma pessoa a fazer isso? Você participa ativamente de quantas redes sociais? Acha que um dia vai desistir delas também? Deixe aqui seu comentário! Ainda há muito que debater sobre este tema.



21 de setembro de 2011

Alguem ai ja teve DPA (Depressao pre aniversario)?

Alguém ai já teve DPA (depressão pré aniversário)? Pq a gente sente isso? Pq tod ano é igual..?


Domingo e meu niver... ate agora eu tava bem... mas agora os sintomas da DPA tão aparecendo...



vontade de chorar, solidão, vazio... como se eu nao tivesse feito/construido nada de bom na vida

19 de setembro de 2011

Conselho antes de casar com um homem muçulmano. Top + de 2011





Conselho muito necessário especialmente para mulheres que não são muçulmanas e que estão a pensar em casar com um muçulmano (algumas muçulmanas precisam dos conselhos também).







Informação antes dos Conselhos



Um muçulmano pode casar com cristãs, judias e muçulmanas. Mas não é uma cristã ou judia qualquer (e também não uma muçulmana qualquer). No caso de excepção, para ele se casar com uma cristã ou judia, a sua futura esposa tem que ser praticante da sua própria religião, não deve ter dúvidas sobre se Deus existe ou não, não deve usar roupas que revelam muito do seu corpo (ou seja, têm que respeitar a Tora ou o Evangelho no que toca a roupa), não deve cometer actos imorais que vão contra as Escrituras da religião dela, etc.



Isto é porque no Alcorão consta:







"E [permitidas para casar são] mulheres castas dentre os crentes e mulheres castas dentre aqueles a quem foi revelada a Escritura antes de vós quando lhes oferecerem a sua devida compensação [i.e. dote], desejando castidade, não relações sexuais ilícitas ou tendo amantes [secretos]. E quem negar a fé - o seu trabalho tornar-se-á sem valor, e ele, na Próxima Vida, estará entre os perdedores." (5:5)



Muitas pessoas distorcem os versos sobre casamento no Alcorão alegando que os homens só podem casar com virgens e que o Alcorão encoraja isso. Não é verdade. O Alcorão encoraja sim os homens a casar com "mulheres castas", ou seja, que não tenham relações fora do casamento ou que sejam promíscuas. Estas podem ser virgens, divorciadas ou viúvas. E este requerimento é tanto para muçulmanas como para cristãs e judias. E não é só para o caso das mulheres. As muçulmanas também devem só casar com homens castos muçulmanos (Leia aqui sobre as muçulmanas só poderem casar com muçulmanos) como é apresentado no verso seguinte:





"O fornicador não casa excepto com uma fornicadora ou politeísta, e ninguém casa com ela senão um fornicador* ou politeísta, e isso [i.e. casamento com este tipo de pessoas] foi feito ilícito para os crentes." (24:3)



*Nota: Incluído nesta regra está também o adúltero. Este tipo de pessoas não podem ser casadas com crentes a não ser que se arrependam e se reformem.



Ou seja, o que eu quero concluir com esta informação é que os casamentos feitos entre muçulmanos e cristãs ou judias ultimamente tem levado um rumo contra os ensinamentos do próprio Islam. Porque o muçulmano em geral, nesta fase de ignorância na religião, até entre a comunidade muçulmana, não quer saber do carácter da sua futura esposa não-muçulmana e depois arrepende-se; e a esposa não-muçulmana arrepende-se também porque devia ter pesquisado sobre a religião do seu marido antes de casar e devia ter-se inteirado das regras e condições de um casamento com um muçulmano e também dos direitos que tem sobre o seu marido (e isto também se aplica em alguns casos de convertidas que se casam antes de ter o conhecimento total sobre casamento no Islam).





Os Conselhos



Antes de casar com um muçulmano, a mulher muçulmana (se não tiver mahram para tratar do casamento por ela), cristã ou judia deve:





Primeiro de tudo, saber das intenções do pretendente e saber se ele se quer casar de facto ou quer só "brincar". Infelizmente, e não só na comunidade muçulmana, existem homens que não gostam de compromissos e podem enganar muitas mulheres. Por isso, a mulher tem que ser séria neste ponto e ver se ele fala a verdade ou é só "promessas bonitas" que depois acabam num espaço de um mês. Trate do caso com profissionalismo e deixe as emoções de lado por um tempo.

Pesquisar sobre a religião do pretendente e inteirar-se daquilo que ele acredita. NÃO se deve iludir com a atitude "relaxada" que ele apresenta para com a sua religião. Em muitos casos, o muçulmano muda muito depois de se casar e começa a pensar mais na sua religião por causa das responsabilidades que ganha depois do casamento. Esta mudança pode torná-lo mais consciente da sua identidade ou não, mas vale mais estar preparada do que tentar remediar depois.

Saber que no Islam, a religião dos futuros filhos tem que ser o Islam e que ela não tem escolha nisto. Algo muito importante que é muitas vezes esquecido e depois vemos histórias aterradoras de mulheres que ficaram sem os filhos e os homens também, etc. Para ser sincera, é dos dois lados. Sei também de muitas histórias de mulheres não-muçulmanas que casaram com muçulmanos de outros países e que elas fugiram com os filhos e os pais nunca mais tiveram contacto com eles porque os filhos nasceram no país das mães. Nada do jogo das coitadinhas que fazem entrevistas para fazer as pessoas ver a sua infelicidade no casamento com um muçulmano porque quem tem culpa são os próprios casais que são ignorantes da religião uns dos outros, incluindo muçulmanos que não entendem a responsabilidade de casar com alguém que não é muçulmana. E também a atitude ignorante de pensar que todos os casamentos inter-culturais/ inter-raciais são canja de galinha - requerem bastante trabalho e entendimento, não é algo fácil.

Sobre o assunto de ficar com os filhos ou não depois de um divórcio, no Islam o direito é dado aos pais que são muçulmanos (homem ou mulher). Ou seja, se o pai for muçulmano e depois se tornar não muçulmano, a mulher tem o direito à custódia dos filhos até porque é automaticamente divorciada dele porque uma muçulmana não pode estar casada com um não-muçulmano. E se o caso for um pai muçulmano, então ele tem direito à custódia dos filhos se se divorciar de uma mulher não-muçulmana, excepto em certos casos (e estes casos têm que ser SEMPRE dirigidos a um sábio islâmico, não interessa a situação - regra de ouro: saibam sempre dos vossos direitos no Islam).



A mulher deve então, depois de saber e pesquisar aquilo que mencionei em cima, chegar a um acordo com o pretendente nos seguintes pontos:





Quando quer ter filhos (passado um ano, dois, três, etc... ou até logo depois de casar). Isto é importante porque em algumas culturas "casamento = filhos". E na sociedade ocidental isso é pouco provável acontecer logo depois do casamento. Por isso, cheguem a um acordo, e a mulher deve fazer questão de adicionar essa condição no seu contracto de casamento islâmico para proteger essa promessa (IMPORTANTÍSSIMO!).

Saber que tem direito a um mahr (dote)* e estipular um preço razoável.

*Nota: Ao contrário do que aparece nas revistas, telenovelas, notícias armadas, etc, o dote não é equivalente ao que uma mulher "vale", é apenas algo dado como presente e como garantia de sustento para ela mesma depois de se casar. Este dote NÃO é para ser usado pelo marido mesmo que seja para coisas da casa ou para pagar a celebração do casamento. O dote é para a mulher só e ela gasta como lhe bem entender. Se ela quiser pagar seja o que for para a casa ou casamento, então que o faça, mas ninguém pode usar o dinheiro dela sem a sua permissão e isto aplica-se também se ela trabalhar.



Outro termo importante é se o pretendente concorda que ela trabalhe ou não. Se quiser trabalhar e ele concordar com a sua decisão, faça favor de pôr isso no contracto também.

Chegar a um acordo sobre onde viver (cidade diferente, outro país, etc).

Saber que não tem que viver com a família dele! Algo muito apresentado nos mídia e que por vezes acontece muito nos países maioritariamente muçulmanos. Mas os mídia só não apresentam a regra islâmica sobre este assunto... A mulher tem o direito de ter a sua própria casa, não é obrigada a servir os seus sogros (mas é bom fazê-lo em termos de respeito como ajudar na cozinha quando é visita, etc), não é obrigada a seguir ordens dos seus sogros, nem coisas do género. A mulher só tem obrigações para com o seu marido. Por isso, estipule no contracto se quer uma casa para si ou não (e aconselho a que estipule que sim. Sogra é sogra, não interessa de que religião, côr ou cultura for).

Estar consciente que em algumas culturas, especialmente culturas africanas, a família é muito unida e por vezes isso se pode tornar como uma "invasão de espaço" para quem não está habituado. Estipule o número de visitas por semana, discuta sobre isso com o pretendente e saiba se é costume na família passar noites em casa uns dos outros, etc.

De resto, tem que estipular quaisquer condições no contracto que veja que são importantes no seu casamento, desde que estas condições não entrem em conflito com os ensinamentos islâmicos, saiba se as condições são permitidas com o sheikh que fizer o vosso contracto e, para ficar do lado seguro, pesquise também na Internet e pergunte a sheikhs online. (Recomendo o website www.islamqa.com. Todos os websites de veredictos islâmicos são pelo menos em inglês para a maior parte das pessoas entenderem. Este website tem opção de várias línguas se as entender melhor. Ainda não tem em português.)



Estes são os conselhos que me consegui lembrar até agora. Se alguém quiser saber mais, deixe comentário , o texto foi extraido do blog http://islamemportugues.blogspot.com/




17 de setembro de 2011

Desejo profundamente que...

Por isso que amo Raul Seixas

Vide critica sob a MPB

Carteira de motorista / Carta de condução

Tem 2 anos que tirei minha carteira mas nunca dirigi sozinha, de vez em quando la vou eu pegar umas aulas pra nao perder a pratica. Aniversario chegando e habib vai me dar um carro de presente. Dai que tive aula hoje


joguei meus 20 euros no lixo, aquele véi num ensina nada de jeito. Conclui que os melhores instrutores do mundo tao la no Brasil. PRONTO! FALEI

15 de setembro de 2011

Eis que veio a Benção

A Providência de Deus sempre me ampara...

14 de setembro de 2011

Preciso de um favor!

 Sinto uma forte sensaçao de abafamento, insegurança,  uma emoçao que parece   preceder algo,  estou sentindo angustiada e muito! Amanha eu imploro a  Deus que a bençao bata em minha porta ao invez da desgraça. Coraçao ta angustiado. Preciso de um favor de quem ler este post: peçam a Deus por mim.

11 de setembro de 2011

11 Setembro reflexoes

‎11 de setembro: nossas lágrimas pelos mortos nos EUA deveriam se estender às vítimas da agressão usamericana ao Iraque e ao Afeganistão


Neste 11 de setembro, nossas lágrimas devem recordar também os milhões de muçulmanos pacíficos vítimas de preconceito por seguirem o Islã.



Jamais haverá paz como mero equilíbrio de armas, e sim como fruto da justiça
 
FREI BETO

Procurando meu estilo

Aproveitando a deixa de um debate do blog Pakmixbrazil, falo sobre minhas conclusoes.
Depois que virei esposa de paquistanes  ando a procura de um novo estilo, vou experimentando uma coisa aqui outra ali e ja to quase chegando onde quero. Ultimamente encontrei as shirtdress com skinnies que dao um ar mais moderninho e que amooo de paixao.


As shirtdress sao as  nossas caamisetes longas, vestem absurdamente bem, e ate eu que sou baixinha , fico bem. E me joguei nos saldos desde ano eram tantas variedades e tao baratas tipo 7 euros que num pude me conter claro que procuro ser bem criteriosa nas escolhas ate mesmo por que quando temos pouca estatura assim é mais restritivo num pode isso  num pode aquilo uma verdadeira tristeza,.

 Eis minhas peças eleitas:
shirtdress
Com as skinnies


e agora com as sabrinas que me encantam

E sao basicamente essas minhas peças eleitas ultimamente. Que eu gosto,que me ficam bem e sao confortaveis.














Selinho

Muito agradecida a querida Cris Freitas do blog: http://brasilegito.blogspot.com/ e a querida Daania do blog: http://maktub-waswritten.blogspot.com/
que me presentearam  com o lindo selinho.Segue abaixo as regras para participar e ganhar o seu.






1. Exibir a imagem do selinho no seu blog.

2. Postar o link do blog que te indicou.

3. Indicar 10 blogs para receberem.

4. Avisar aos escolhidos.

1. Scarpin de Onça 2.Patricinha Esperta
3. Blog da Beleza
4.Maktub...Estava escrito
5.Ka.entre.nós
6. Clube da Franzinha
7.Marcmel
8. Mistura nada fina
9.eastandwestrecipes
10.Mari aventuras no Tirol











10 de setembro de 2011

Cada vez mais brasileiros se tornam muçulmanos






A comerciante paulistana Alexsandra, 33, converteu-se aos 20

Nos países do mundo árabe, é fácil saber para que lado está Meca: é para onde se vira a maioria islâmica durante as cinco orações diárias, que, aliás, muitas vezes são anunciadas em espaços públicos. Em São Paulo, às vezes é difícil até saber de que lado se pega o ônibus certo. Então a relativamente pequena, mas significativamente crescente comunidade islâmica às vezes precisa improvisar. “Tem gente que se guia pelo mapa do Google, tem gente que se guia pela bússola”, conta Alexsandra Alves de Brito, 33, convertida ao islamismo desde os 20.



O número de brasileiros que, como Alexsandra, decidiu ser muçulmano, cresceu 25% na última década. Em algumas comunidades, como a do Rio de Janeiro, 85% dos frequentadores de mesquitas são convertidos. Ou revertidos, como eles preferem. Em Salvador, são 70%.



A imagem de uma religião extremista, sisuda e complicada vem dando lugar a uma mais simpática e atraente à sociedade brasileira. Para Paulo Hilu da Rocha Pinto, autor de “Islã – Religião e Civilização – uma abordagem antropológica”, dois fatores puxam a mudança: a novela O Clone, exibida pela Globo entre 2001 e 2002, e o ataque às Torres Gêmeas, nos Estados Unidos, em 2001. “Na novela, o Islã chega com um perfil de pessoas alegres, que gostam de festa, devotadas a família. No caso da repercussão do ataque de 11 de Setembro, na América Latina, onde existe uma marca forte de oposição e denúncia a políticas americanas, teve um efeito forte.”



Mulher e machismo

A cabeleireira Pamela Juliana Gomes Pereira, 29, revertida há seis meses, conheceu o Islamismo quando morava na Suíça. Voltou há um ano e meio, e passou a frequentar uma mesquita. “Já vivenciei várias religiões”, diz a cabeleireira, que tem na família espíritas, católicos, umbandistas e evangélicos. Separada, ela tem um filho de 9 anos e sua maior preocupação era como isso seria visto. “Não tem problema nenhum, a mulher não deixa de ter valor por isso. Pode ser que um homem árabe não se interesse por uma mulher como eu, mas pela cultura árabe, não por causa do Islã.” Ela afirma que enfrenta preconceitos que ligam o Islã ao machismo. “Eles acham que há submissão aos homens, que vou apanhar do marido”, desabafa.



Embora o islamismo ainda seja visto de mãos dadas com a cultura árabe, os laços começam a afrouxar. “Para os convertidos, a cultura árabe e o Islã são coisas bem diferentes”, diz Paulo.



A comerciante Alexsandra foi atraída para o Islã exatamente pela perspectiva feminina. “O que me chamou a atenção foi a valorização da mulher. Na sociedade brasileira, a mulher é muito vulgarizada, tem que atrair os homens. No Islã, a mulher tem que ser recatada, bem educada. Até falar baixo faz parte dos costumes”, diz Alexsandra. Convertida há 13 anos, casou com um muçulmano e tem dois filhos, de 13 e 5 anos. “Meus filhos já nasceram muçulmanos”, conta. Antes ela era protestante, da igreja Assembleia de Deus


A professora Priscilla, convertida há quatro anos, continua pintando os cabelos – que às vezes ficam sob o véu


Dia a dia

Neste ano, Pamela viveu seu primeiro Ramadã, mês em que o fiel deve fazer jejum da alvorada ao pôr do sol. “Não foi fácil. Como minha família não é muçulmana, tive que cozinhar sem colocar comida na boca”, conta. “Minha mãe é evangélica, achou absurdo ficar sem comer. Meu filho compreendeu melhor.



Alexsandra adaptou sua rotina de orações à vida profissional. “Se você trabalha num local onde não é possível praticar a oração, você faz três vezes, por exemplo. Quem pode, faz as cinco. Nada que te prejudique na sua vida pessoal”, diz a comerciante.



Na mesquita que ela frequenta, em São Paulo, a maioria é de muçulmanos de origem libanesa. “Os sermões e as orações são em árabe, com tradutor. Mas é bom praticar no seu idioma. Tem que saber o que está falando”, diz. Em comunidades com muitos convertidos, há orações e aulas sobre Islã diretamente em português.



A professora Priscilla Pavan Manso, 28 anos, converteu-se há 4 anos. Desde os 12 anos ela pinta os cabelos, e não deixou de fazê-lo depois da conversão. “Como brasileira, eu falo alto. Na cultura árabe, mulher tem que falar baixo, mas religião não se confunde com personalidade”, afirma Priscilla. “Tenho amigos muçulmanos que saem comigo para passear, jantar, ir no shopping. Eu não mudei.”



Apesar de não beber e não comer carne de porco, ela não deixa de sair com os amigos de antes da conversão. “A religião não pode te afastar das pessoas. Meu noivo não é muçulmano, e eu o conheci concomitantemente com a religião. Ele respeita e concordou em noivar comigo diante do sheik, mesmo sendo católico.”



Mas como acontece com quase todo convertido, é preciso lidar com preconceitos. “As pessoas fazem piadinhas: dizem que sou mulher-bomba, que eu vou apanhar de marido, ser a quarta mulher do meu esposo. Mas se fosse uma religião opressora, eu não conseguiria tocar minha vida.”

Roupas

Priscila também prefere não usar o véu diariamente. “Quando apareci com o véu em casa, minha mãe quase arrancou. Meu sheik diz que é quando eu sentir que meu coração está preparado. Uso a bata e os véus na hora das orações”, diz.



Como Priscila, Pamela também evita a discriminação da família e das clientes usando o hijab – o véu muçulmano – apenas na mesquita. Em seu primeiro ano seguindo as novas regras, ela ainda teme o verão: as roupas, que já eram discretas, passaram a cobrir o corpo um pouquinho mais. “Eu fico pedindo a Deus que me dê força para aguentar calor nesse verão. Até agora, foi tranquilo.”



Já Alexsandra transformou a adaptação em negócio – vende hijabs, está importando a abaya, vestido típico para o dia a dia, e deve trazer em breve “burquínis”, para praia e piscina. “As mulheres não usavam aqui por não achar, mas agora está mais fácil”, diz.



A forma de cobrir o corpo e os cabelos não é determinada pelo Alcorão, livro sagrado do Islã. No dia a dia, Alexsandra é prática: usa jeans, saias e blusas de manga comprida, como camisas. “Apesar das muçulmanas terem suas vestes estereotipadas, o Islã não determinou um corte, um estilo ou uma cor específica. Desde que a mulher cumpra a lei alcorânica, qualquer coisa é válida”, afirma a tradutora Marcela Tieppo, 20 anos, que mantém desde 2009 o blog A Mulher no Islam.



Quando foi tirar a foto 3×4, para o RG, o funcionário disse que Alexsandra não podia usar o lenço. “Eu perguntei se as freiras tiravam, e acabaram permitindo”, lembra. “Hoje já se adota a prática de levar um certificado de que você realmente é muçulmano. As pessoas às vezes olham torto e hostilizam. Mas isso acontece com qualquer um que seja diferente.”


Publicado originalmente por Verônica Mambrini em Delas





4 de setembro de 2011

Um ano de casados!


Amanha comemoramos 1 ano de casados. Casamento na mesquita por que o do civil demorou mais uns 6 meses. O tempo voa, parece que foi ontem. Foi a melhor decisao que ja tomei, nao me arrependo nada nada nada. Amo meu marido cada vez mais , é certo que a vida de casada é beeeem diferente da de solteira, muito melhor, super indico.
 E estamos so no começo, falta tanta coisa pra batalhar mas se o ritmo se manter chegaremos la. Ainda nao decidimos a forma como celebraremos mas independente disto sera muito especial para nos. Deus abençoe nosso amor e o amor de todos os leitores deste blog.







3 de setembro de 2011

Na saúde e na doença

Então que ontem foi dia de acompanhar o marido ao dentista, sim ele é meio exagerado (para não dizer exagerado e meio), e o que era pra ser uma simples extraçao feita em 20 minutos demorou mais de uma hora. A coisa foi ficando complicada. A anestesia nao fazia efeito, teve que ser aplicada 3 vezes. E eu ali apesar de estar com a mao toda dolorida dele apertar kkkkk,  tava preocupada por que vi que a 
doutora tava tendo dificuldades em terminar aquilo, depois de arrancar duas raizes do dente ela descobriu que havia uma outra raiz e que tava dficil de tirar, no entanto entra na sala a chefe (brasileira)  para verificar se estava tudo bem, afinal a clinica ja tava vazia e passava da hora de fechar  e entao sugeriu que usasse um instrumeto menor e mais fino e que resultou mais uns cinco minutinhos e tava terminado. Graças a Deus, por que eu no meu fantastico mundo de Bob (lembram deste desenho) ja andava a imaginar ambulancias, hospitais, internamentos ahloka. Ela deu as instruçoes e receitou um antiinflamatorio marcou nova consulta para proxima semana. A seguir ele foi para o trabalho e eu procurar uma farmacia e para o meu azar nao havia nenhuma de plantao aqui por perto, mas finalmente encontrei uma comprei o remedio e voltamos para casa. Ainda sangrava do dente, mas dai dei uma de enfermeira e foi diminuindo ate parar. Hoje  pela manha ja nao sangrava, nem doia, nem tava inchado. A medicaçao termina em 3 dias. Agora é esperar pelo segundo round, por que tem outro dente na mesma situaçao e o tratamento so começou agora....

27 de agosto de 2011

Super vaidosa

Voces ja conhecem  o blog Super vaidosa  da modelo e maquilhadora profissional Camila Coelho? Se nao conhecem, vale a pena conhecer, ela é brasileira e vive nos EUA. Lá em tem varios videos de passo a passo de maquiagem. Existem milhares destes videos na net mas na minha opiniao ela supera. Ela é super simpatica e explica muitissimo bem. Ah, so pra ressaltar ela vai fazendo umas propagandinhas das marcas, mas abafa essa parte eheheh

25 de agosto de 2011

Coisa mais linda

A primeira coisa que marido faz quando chega em casa é ir preparar aquele chazinho delicioso de receitas indo paquistanesas e que eu amooooo e vem me trazer aqui pra mim, ai que tudo gente. Coisas tao simples mas que faz um bem danado.

24 de agosto de 2011

Tá osso!

A vontade de voltar a viver no Brasil não passou. Depois de 10 anos fora eu saturei de tudo isso aqui. A terra que me viu nascer clama pela minha presença. Sinto necessidade do afeto da minha familia, de estar pertinho, sinto falta da vida do interior, de estar mais proxima a natureza, do cerrado goiano, de ouvir todo mundo falar "brasileiro", da simpatia dos vizinhos.  Paira uma energia pesada sob mim esses dias, queira Deus que passe logo, problemas em casa, problemas no trabalho parece q tudo conspira contra mim ah e sem falar desta maldita tpm

21 de agosto de 2011

Paquistanesa tem cobra dentro da barriga


A senhora  Rasheedan Bibi de Saggar, do norte de Lahore, Paquistão foi  ao médicos para  remover uma cobra gigante que estava crescendo dentro de seu abdômen.
 Sentindo a barriga crescer , como de uma mulher grávida, ela  pensou que realmente  estivesse grávida.  Depois de sete meses s, sua barriga estava  crescendo a cada dia. 
E, ela sentia muita  dor entao desconfiou que havia algo estranho em sua "gravidez".
  Então ela resolveu ir  no hospital mais próximo.  Os médicos decidiram então realizar uma ecografia. Os resultados foram surpreendentes, durante os sete meses, ela manteve uma cobra em sua barriga.  Agora ela pede ajuda às autoridades, porque ela não pode arcar com o procedimento de extração. Como a serpente cresceu em seu corpo? Ainda permanece um mistério médico.
Alegadamente, este incidente bizarro foi decorre da água que ela tinha bebido. Bibi diz ter acidentalmente ingerido uma pequena cobra que estava em sua água há vários meses.
 Os sintomas  foram sentidos dois meses após o acidente.  Bibi começou a sentir a dor em seu estômago Seu apetite aumentou ferozmente. Ele podia comer 14 pães três vezes por dia.
Para remover a cobra de Bibi, o médico pediu-lhe para fazer a cirurgia.
Mas sendo muito pobre ela não tinha dinheiro, por isso  também pediu ajuda ao  primeiro-ministro da CM Paquistão, Punjab.
Felizmente, o governo do Paquistão concedeu o pedido e cobra foi removido com sucesso.

What'??????     Que bizarrice é essa? Nao dava pra ver que tinha uma cobra no copo?  E 7 meses pensando q tava gravida e num tinha ido no medico? So no Paquistao viu

20 de agosto de 2011

Como é que é?

Quer dizer que o meu matrimonio (com conjuge de outra denominaçao religiosa) é com defeito e por isso estou impossibilitada de comungar na minha propria Igreja? Magoei, foi um verdadeiro tapa na cara.

Orçamento pessoal na ponta do lápis!

Gente que tudo,
você poderá calcular suas despesas mensais, disciplinar seus hábitos e planejar melhor sua vida financeira.
Eu ja fiz minha simulaçao, vale a pena, faça voce tambem AQUI


16 de agosto de 2011

Qual o mais bonito?